Bell, Book and Candle

Bell, Book and Candle ★★★½

Antes de qualquer coisa, esse filme é de 1958. A ideia de “final feliz” e “bem e mal” era algo muito dicotômico.

Apesar de inúmeras circunstâncias, Bell, book and candle é um filme que não demoniza completamente a bruxaria. Mas deixa claro que uma mulher não pode ser feliz no amor e poderosa ao mesmo tempo. É mostrado que para ter um, é preciso abdicar do outro.