Favorite films

Don’t forget to select your favorite films!

Recent activity

All
  • Brasil

  • Copacabana Mon Amour

  • Pierrot le Fou

  • Viagem ao Fim do Mundo

Recent reviews

More
  • Brasil

    Brasil

    Do enlatamento culturalista

    Concorrer com o colonizador não significa, de forma alguma, imitá-lo. A resposta ao dólar não é o cruzeiro. Do contrário, estaremos justificando o apelido crítico com que os argentinos referem-se ao brasileiro médio, consumista e desmemoriado: “macaquitos”. Além do mais, nada mais pobre que o novo-rico. Não tem graça, tradução ou revolução que o justifique. A ele não pertence nem o futuro nem o passado e muito menos o presente; é consumido pelas circunstâncias. A única forma…

  • Copacabana Mon Amour

    Copacabana Mon Amour

    Razões de Estado

    Depois que saí, em 1970, do cinema brasileiro, este perdeu todo interesse e originalidade talvez por consciência ou não…

    Hoje me vejo condenado a abdicar de toda relação e proximidade com o “ex-nosso cinema”.

    De um lado a estupidez. De outro, também a estupidez. E eu que nada tenho a ver com a burrice quase generalizada, salvo-me "anatemizando" e cuspindo – mais uma vez – na cara da mediocridade. Senão, vejamos. Perguntam-me onde estão meus filmes. O…

Popular reviews

More
  • Citizen Kane

    Citizen Kane

    Becos sem saída

    Procurarei neste artigo considerar o herói do filme moderno. Como se pode claramente constatar, há em relação ao personagem do filme tradicional um avanço, uma ruptura, que não devem passar despercebidos pelos que se interessam por cinema.

    *

    Já se sabe que o herói do filme moderno recebe um tratamento diverso do tradicional. O filme não se dispõe a “explicar” ou definir o interior do personagem, seja através da psicologia, psicanálise, intimismo etc. Não há aquela “análise…

  • Pierrot le Fou

    Pierrot le Fou

    Ruptura da lógica dramática

    É fácil notar uma mudança no cinema há muitos anos. Os filmes tornaram-se mais desinibidos, inquietos, profundos, livres, enquanto a crítica observava que os produtores dão maior liberdade aos realizadores (quanto mais jovem melhor) que iniciaram a corrida ao dinheiro disfarçada de pesquisa formal. O cinema de autor foi moda, todo mundo quer ser diretor de cinema, sacando a possibilidade de criar um mundo com esse instrumentos arcaico e por isso mesmo moderno (qual filme é…