Voltei!

Voltei! ★★★½

Me lembro um pouco o Rabbits, do Lynch, nessa relação com o espaço da casa e como o mundo fora da casa parece um breu dominado pelo caos, as vezes interferindo de forma fantástica dentro da casa, mas ele lida com uma decupagem bem mais experimental. Assume a conversa de bar com uma câmera bem fixa para depois quebrar isso em uma experiência sensorial.

É um filme que foca muito na relação entre os atores e que depende muito deles para funcionar e acho que o que mais pesa aqui é a irregularidade das atuações, são bem cambaleantes, mas no fim conseguem obter o efeito que pretendem.

Gosto principalmente do tom meio fantástico que se da em tudo, mesmo sendo um filme sobre eventos políticos atuais, o modo como fafa aparece em casa e aquele corte que faz ela parecer um fantasma dão muito esse tom. É interessante a maneira como ele parte de uma continuidade totalmente pessimista, de uma espécie de continuação de nosso 2020, aparentemente ainda enfrentando uma pandemia, mas termina com otimismo enorme em meio a um experimentalismo que, ao fechar a tela m fafa, consegue exprimir toda uma angústia que dá lugar à liberdade.

joaopabdala liked these reviews