Voltei!

Voltei! ★★★

Filme 100% trabalhado no zeitgeist.
O formato teatral do filme não faz o meu tipo. As atuações são lindas. É um filme com muito coração é é inevitável nos apegarmos. É sempre refrescante e rejuvenescedor ver no cinema corpos negros ocuparem toda a cena naturalmente. O que esse filme expressa sobre nossa imaginação política de hoje é que é assustador e amargo.
A atmosfera do filme é a da espera. Espera que acontece num ambiente sem luz elétrica por causa do caos do governo que se espera que seja derrubado por uma das instituições que foi aos poucos dominando ao longo da década, o STF. A espera-nça vem de que "quando a porta da traição se abre na história..." muitos passam. Como ou porque, se foi à força ou por cansaço, que essa porta abriu, não se imagina.
Os nomes dos ministros e ministra remetem todos a figuras políticas do tempo da ditadura militar. Uma coisa é apontarmos que os terroristas de Estado não foram responsabilizados e isso impede que superemos aquele período, já outra é usá-lo como enquadramento da nossa imaginação pro futuro.
Quando terminou o filme, ao conversarmos sobre ele meu esposo disse: "esse filme tá muito preso no presente pra falar do futuro". É isso.

Renata liked this review